quinta-feira, 20 de novembro de 2014

ASSAÍ - Secretaria de Cultura inicia projeto de dança japonesa

A Secretaria de Cultura e Turismo, em parceria com o Programa AABB Comunidade inicia o projeto  de dança japonesa.
O projeto tem como objetivo preservar e resgatar a cultura japonesa, formando um grupo de crianças e adolescentes que possam representar a cidade.
As aulas acontecem todas as sextas-feiras no espaço recreativo do Banco do Brasil e é ministrada pela Srª Geni Gocchi.
O grupo inicia com uma turma reduzida contando com sete alunas, e a intenção da secretaria de Cultura é de ampliar o número de participantes.
“Esse projeto vem de encontro com meus anseios, de preservar nossa cultura, resgatando a dança que é rica de expressão e sentimento, e também fortalecer  a riqueza espiritual dessas crianças, minimizando a questão da vulnerabilidade de risco social”,  comenta Geni Gochi.

Assaí futsal enfrenta Itaipulândia valendo vaga para a final da Chave Prata

A equipe Assaí Futsal/UnifilEAD já garantiu a vaga para a tão sonhada Chave Ouro do Campeonato Paranaense de Futsal, após vencer Matelândia por 7X5 em um jogo emocionante que contou com força da torcida assaiense no último sábado dia 15 de novembro.
No sábado dia 22 tem mais uma rodada valendo vaga para a decisão final da chave prata.
A equipe assaiense enfrentará  a equipe de Itaipulândia às 20:30 no Ginásio de Esportes  Paulão.
Contamos mais uma vez com o apoio da torcida!

SANTA CECÍLIA DO PAVÃO - CAFÉ DA TARDE COM CANDIDATAS A MISS 3ª IDADE REGIONAL

Candidatas à Miss 3ª Idade Regional 2014 participaram de um dia especial nessa quinta-feira (13). 
A fim de promover a confraternização entre elas, a Secretaria de Ação Social, realizam café da tarde, que aconteceu  no salão da melhor idade.
O café da tarde contou com a  presença das candidatas ao Concurso Miss 3ª Idade Regional das cidades de Cornélio Procópio, Leopólis, Sertaneja, Sapopema, Nova Fátima, Congoinhas e de Santa Cecilia do Pavão.
Fonte: ASSESSORIA PREFEITO

Se não fizer acerto, não ganha obra pública, afirma advogado

Declaração é de Mário de Oliveira Filho, responsável pela defensa do lobista Fernando Baiano que está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba e deve ser ouvido amanhã.
Defensor nega que seu cliente seja o operador do PMDB nos desvios de recursos da Petrobras e diz que ele está sendo usado como 'bode expiatório' pelos investigadores.
Executivos da Camargo Correa ficaram em silêncio durante interrogatório. Doze pessoas permanecem presas na carceragem da PF.

SANTA CECÍLIA DO PAVÃO - PREFEITO PADRE ZEZINHO HOMENAGEIA DIRETORES

Na manhã do dia 12 (quarta-feira), o Prefeito Padre Zezinho homenageou todos os diretores da rede municipal e estadual do município.
Uma pequena lembrança para celebrar o Dia do Diretor. “É um simples gesto de agradecimento ao profissionalismo e a dedicação desses homens e mulheres com o trabalho”, comentou o Prefeito Padre Zezinho.
Fonte: ASSESSORIA PREFEITO

SANTA CECÍLIA DO PAVÃO - Secretaria da Agricultura convoca Produtores Rurais

A Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente junto com a Emater convoca os seguintes produtores a comparecer o mais breve possível à EMATER para retirada dos documentos DAP e Análise de solo, para darem continuidade ao processo do Projeto Aquisição de Adubo Super Simples aos Produtores da Agricultura Familiar do nosso município.
Alex dos Santos
Clemente Barbosa
Keiji Katayama
Lourdes Elias Cestalio
Jose Ayala
Severino Pereira da Silva
Ailton Rodrigues Barattela
Dirceu da Fonseca
Jair Luiz da Silva
Dercilio Aparecido Sartori
Joel Antonio de Carvalho
Daniel Martins Bazan
Arlindo Sampaio
João Mendonça
Valdir Gavioli
Claudio Marcelino Sampaio
Ademir Batista dos Santos
Dirceu Betordo
Antenos Gomes Barbosa
Luiz Antonio Veigas Medeiros
Celso Pereira do Santos
Silas Duarte
Valdemar Novaski
João Akira Ito
Antonio Gomes Barbosa
João de Mello Rocha
Claudio Correa
Jose Pinheiro da Silva
Gilmalti Gaviole
Jose Carlos Camargo
Otavio Rodrigues da Costa
Ronaldo Aparecido Rodrigues
Wilson Jose da Costa
Alvin Aparecido da Costa
Maria Froisa da Silva
Vanildo Candido da Silva
Luiz Caetano
João Caetano da Silva
Eduardo Gonçalves
Miguel de Oliveira
Aparecido Jose da Fonseca
Marcelo Hideo Yamada
Jose Fernandes Alves
Hélio dos Santos
Sidnei dos Santos
Alceu Antunes Martins
Andre Messias Cestari
Aparecido Avelino da Cruz
Bento Aureliano Alves
Celso Pereira dos Santos
Claudio Couvre
Dirceu Antunes Martins
Edison Katuluca Yairo
Helia Dias Trindade
Elouise Keiko Kotaka Guides
Jair Luis da Silva
Jardil Luis da Silva
Geraldo Couvre
Jorge Isaura Ito
Julia Bueno Galvão
Josil Luiz da Silva
Lorival Cestari
Luiz Antunes Martins
Milton Hirotaka Nabeshima
Nelson Mendes de Campo
Noboru Arai
Orlando Cestari
Osvaldo Cestari
Osvaldi Caetano
Sueli da Silva
Wilson Lopes da Silva
Waldir Couvre Gavioli
Qualquer dúvida entrar em contato com Carlos (EMATER) F: 3270-1328, ou Elaine ou Rafael (Sec. da Agricultura) F: 3270-1594.

SANTA CECÍLIA DO PAVÃO - 1ª MOSTRA PEDAGÓGICA DO PNAIC


Convidamos a comunidade para visitar a 1ª Mostra Pedagógica do PNAIC  (Pacto de Alfabetização na Idade Certa),
Dia: 21 de novembro de 2014 (sexta feira)
Local: Escola  Municipal  Cícero Bittencourt  Rodrigues”
Horário:    09:00 “as 11:30 e 13:00 ‘as 16:00 horas
Fonte: ASSESSORIA PREFEITO

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

ASSAÍ - Eleição para diretores das escolas municipais

Definidas as chapas que concorrerão aos cargos de diretores e vice-diretores das Escolas Municipais de Assaí.
A eleição acontecerá no dia 29 de novembro em cada uma das cinco escolas das 8h às 16h, com votos do colégio eleitoral composto por professores e profissionais  que atuam na escola e os pais de  alunos.
A chapa inscrita precisa obter  50% mais um, dos votos válidos para ser eleita.
Na Escola Pe França Wolkers : Diretora Helena Galvão dos Santos e Elaine Amaral de Araújo Ramos.
Na Escola Maria José da Silva Santos : Maria Lourdes Candido Graciano e Terezinha Henrique de Oliveira.
Na Escola Maria Mitiko Tsuboi:  Cristina Célia Teixeira Rosa e Doralice Ferreira Souza
Na Escola Princesa Izabel: Madalena Camargo Bittencourt Raminelli e Claudenir Dias dos Santos.
Na Escola Rotary Club: Cristiane Tozi Bittencourt Farias e Edinalva de Souza Mendes Almeida.

ASSAÍ - Nova resolução para funcionamento de estabelecimentos de beleza

Na tarde de ontem (17) a Secretaria de Saúde, através do departamento de Vigilância Sanitária em parceria com a 17ª Regional de Saúde de Londrina, realizou uma reunião com os profissionais de salão de beleza, manicure e pedicure, barbearias e esteticistas.
Durante a  reunião  foram repassadas as orientações sobre a resolução da Secretaria de Estado da Saúde 700/13 que dispõe sobre as condições de funcionamentos destes estabelecimentos: critérios como infraestrutura, procedimentos, esterilização, saúde ocupacional, condições gerais e serviços de atendimento domiciliar.
A nova resolução entra em vigor a partir de 04 de dezembro.

SANTA CECÍLIA DO PAVÃO

SIPAT
A convite da Cooperativa Integrada a Secretaria de Saúde  e a 18ª Regional de Saúde team a honra de participar de 18ª SIPAT que acontecerá nos dias 19,20,21 de Novembro de 2014.
20/11 - 09:00 as 11:00 hrs
Palestra : Doenças Relacionadas ao Trabalho
Palestrante : João Alexandre da Silva e Adão da Silva - 18ª Regional de Saúde
-Estresse e Qualidade de vida
-Sexualidade DST/AIDS
-Saúde e Higiene Pessoal
-Primeiros Socorros
-Alcoolismo, Tabagismo e outras drogas
-Exames: Técnicas Atendentes de Saúde do Municipio de Santa Cecília do Pavão
-HGT-Diabete
-Verificação de P.A- Pressão Arterial
-Teste Rápido - HIV,SIFILIS,HEPATITE B,HEPATITE C
Fonte: ASSESSORIA PREFEITO

Prefeitura de São Jerônimo da Serra cria 'mensalinho' para desvio de verba

Todo mês, grupo de vereadores de cidade do Paraná podia pegar até R$ 1.000 em combustível nos postos integrantes do esquema para uso particular.
A novela "O Bem-Amado", mostrava com humor as falcatruas do prefeito Odorico Paraguaçú na cidade de Sucupira. Não por acaso, "Operação Sucupira" foi o nome dado a uma investigação do Ministério Público que prendeu 18 pessoas de São Jerônimo da Serra, uma cidade do norte do Paraná. Entre as pessoas presas, o prefeito.
A principal acusação contra a quadrilha é desvio de dinheiro público. Por isso o repórter Eduardo Faustini foi a São Jerônimo da Serra perguntar: Cadê o dinheiro que tava aqui?
Tem uma denúncia de corrupção na sua cidade? Envie pra cá!
Na novela "O Bem-Amado", o prefeito corrupto de Sucupira é capaz de qualquer coisa para conseguir o que quer. A novela era muito divertida. Já o desvio de dinheiro público em São Jerônimo da Serra é que não tem nada de engraçado. A cidade está toda pichada, um ato de vandalismo que mostra a revolta da população contra o prefeito Adir Leite.
“Ele não podia viver com o salário dele? Ele tinha que pegar o dinheiro do povo?”, questiona uma mulher. a pensionista Ana Maria Camargo Rodrigues.
Quarenta denunciados. 18 presos. Investigar o desvio de dinheiro público é a missão do repórter Eduardo Faustini. Ele é conhecido como ‘repórter secreto’ porque não pode mostrar o rosto na TV.
São Jerônimo da Serra, norte do Paraná. Eduardo Faustini mostra um depósito de carros velhos, que não têm mais condições de rodar.
Mesmo assim, um caminhão que está no local é o campeão de abastecimento no posto de gasolina da cidade. Na realidade, o caminhão nunca rodou.
Entre as falcatruas cometidas em São Jerônimo da Serra, está o uso de um carro-fantasma. Uma sucata, mas, para todos os efeitos, era abastecida regularmente e quem pagava o combustível era o contribuinte. Uma Kombi que nem motor tem também era abastecida no posto.
De carro, que não é fantasma, é de verdade, o repórter Eduardo Faustini mostra como a população de um bairro Terra Nova sofre com a dificuldade para ser atendida na rede pública de saúde e também com a falta de um transporte decente.
Às 3h, faz frio. Mas os pacientes que vivem no bairro não têm escolha. “Vou fazer endoscopia lá em Londrina, na clínica”, diz uma senhora. “Tem que acordar de madrugada e tem que esperar a condução e tem que ir com essa condução”, diz uma outra mulher.
Repórter: A senhora está indo para onde?
Senhora: Para Londrina.
Repórter: Para quê?
Senhora: Dentista.
Repórter: E a única maneira é essa?
Senhora: É, porque dentista-pediatra é lá.
À luz do dia, dá para ver melhor como é por dentro a ambulância que transportou os pacientes de Terra Nova. Um pneu fica em jogado em cima da maca. É a saúde de São Jerônimo da Serra que está doente.
Segundo as investigações do Gaeco, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público, o então prefeito Adir Leite empregou a esposa, Silvana, o filho Adicarlos e a noiva do filho, Aline. Essas e outras nomeações formaram a base da quadrilha que passou a mão no dinheiro público.
Uma das formas de desvio de dinheiro público era um "mensalinho" pago pela prefeitura a um grupo de vereadores. Todo mês, eles podiam pegar até R$ 1.000 em combustível nos postos integrantes do esquema para uso particular. Não era para abastecer carro oficial da Câmara.
“Portanto, era dinheiro público, que foi empregado em proveito de particulares, os próprios vereadores, para os interesses deles mesmos”, afirma o promotor Cláudio Esteves, coordenador do Gaeco, Londrina - PR.
Para esconder o esquema, as placas dos carros da prefeitura que estão sucateados é que apareciam na despesa, como se fosse a frota da prefeitura sendo abastecida. Quem autorizava os abastecimentos era Aline Moreira, a noiva de Adicarlos, filho do prefeito.
Em um telefonema gravado com autorização da Justiça, Aline conta ao noivo que está usando essas placas todos os dias: “Todo dia, no final do dia, eu pego umas placas”, ela diz.
Em um outro telefonema, o vereador Amarildo Bueno pede pneus ao prefeito Adir Leite.
Amarildo: Ô, Adir.
Adir: Oi.
Amarildo: Eu estou pensando em um negócio, cara. Você não me arruma uns pneus? Estou andando "por arame", cara.
Qualquer coisa ligada a carro servia para alimentar a corrupção na prefeitura.
“O fornecimento de baterias, peças, troca de pneus. Estes gastos com combustíveis e outros insumos eram colocados na conta do município, embora se destinassem a veículos ou a interesses de particulares ligados aos integrantes da administração”, explica o promotor.
Um dos postos de gasolina do esquema pertence a Fernando Larine. Em depoimento ao Ministério Público, Fernando contou como paga propina ao prefeito. Ele oferece 50% de tudo o que tem a receber da prefeitura.
Ministério Público: Qual foi o acerto que o senhor fez com o Adir?
Fernando: De eu receber total e dar 50% para ele em dinheiro. São 28, mais 36 e mais 26.
Fernando Larine tinha R$ 90 mil para receber e ofereceu R$ 45 mil de propina. Segundo as investigações, o esquema funcionou durante pelo menos quatro meses. Teve de tudo: nota fria, licitação fraudada, produtos superfaturados. Dezesseis empresas envolvidas. Vários empresários se dando bem.
Como Odirlei Nigra, dono de um posto de gasolina e de um supermercado. O valor de todos os contratos que ele tinha com a prefeitura era de quase R$ 2 milhões.
Uma parte desse dinheiro servia para quê? Para pagar propina ao prefeito, seus parentes e protegidos.
Mais um empresário: Sergio Loreto. Ele é fornecedor de merenda escolar. Com contratos, no ano passado e neste ano, no valor de pelos menos R$ 329 mil.
“Eu chamei o Adicarlos, falei assim: ‘ó, Adicarlos, você me ajuda no pagamento, entendeu?’”, ele disse em depoimento ao Ministério Público.
Adircarlos, como sabemos, é um dos filhos do prefeito.
Sergio Loreto: Se você atrasar o pagamento para mim, eu não tenho como pagar o fornecedor, entendeu? Então eu vou dar uma porcentagem para você, 10% do meu lucro.
O ‘repórter secreto’ foi até a empresa dele. A empresa funciona em um quartinho nos fundos de uma casa. No local, o repórter encontra biscoito, açúcar, sopa, tudo no chão, mal armazenado. Com esse desprezo pelos recursos públicos, quem sofre, claro, são os mais fracos, justamente os alunos da escola que recebe a merenda.
“A gente só toma chá e bolacha, todos os dias”, contam duas alunas.
E as condições da escola?
“A sala fica toda molhada. Quando faz sol, fica muito quente”, conta uma das alunas.
A aluna como seria uma escola ideal para ela. “A escola boa tem que ter cobertura, pátio, teto bom, para não pegar chuva da sala. Lanche bom, carteira nova. Quando a professora tiver passando no quadro, não ficar caindo água, porque é ruim, quando nós estamos estudando, ficar chovendo aqui dentro”, diz outro aluno.
Depois das investigações da Operação Sucupira, o prefeito Adir Leite e três vereadores foram afastados do cargo. O esquema continua sendo investigado.
O Fantástico tentou falar com o prefeito. Ele não quis receber o repórter. Mas o promotor do caso recebeu a reportagem. E o Fantástico perguntou a ele: ‘Cadê o dinheiro do município de São Jerônimo da Serra?’.
“Esse é o nosso principal objetivo, além da punição às pessoas que praticaram esses delitos, é a obtenção da devolução desses recursos. Então, se não devolverem, efetivamente, o próprio dinheiro desviado, vão ter que arcar com a resposta pelo patrimônio que possuem”, respondeu o promotor.
O ‘repórter secreto’ vai continuar na luta para mostrar que o dinheiro público roubado, seja muito, seja pouco, faz falta a quem mais precisa. E isso tem que acabar.
Fonte: G1