quarta-feira, 1 de julho de 2015

Câmara articula alteração para votar de novo redução da maioridade

Por Bruno Boghossian
Comandada pelo PMDB e pelo presidente Eduardo Cunha (RJ), a Câmara prepara uma alteração no projeto que reduz a maioridade penal para tentar reverter nos próximos dias a derrota sofrida no plenário na madrugada desta quarta-feira (1º).
A cúpula da Casa articula a votação de uma emenda aglutinativa (que reúne emendas de vários deputados e altera o texto do relator) que retira o tráfico de drogas do rol de crimes a que a redução de maioridade pode se aplicar.
Com essa flexibilização, o PMDB acredita que conseguirá “virar” os cinco votos necessários para a aprovação da medida.
A nova proposta pode ser colocada em votação ainda nesta quarta-feira (1º) ou na próxima semana, no dia 8 de julho.
Uma articulação comparável foi feita no fim de maio para garantir a aprovação o financiamento privado de campanhas eleitorais. Derrotado em um primeiro texto, Cunha colocou em votação uma proposta semelhante no dia seguinte e venceu. O PT recorreu ao Supremo para questionar a manobra.
Se o novo trabalho de convencimento dos deputados nos bastidores não tiver sucesso, a conclusão dessa discussão e uma nova votação podem ficar para agosto, após o recesso parlamentar.
Nos bastidores, os peemedebistas praticamente descartam a aprovação do texto original da proposta, que reduz a maioridade penal não só para crimes graves, mas para qualquer tipo de crime –uma vez que não há consenso sobre a medida em bancadas de partidos como o PSDB.
A retirada do tráfico de drogas da lista de crimes pelos quais os jovens de 16 anos passariam a ser julgados como adultos seria uma concessão a deputados mais moderados.
A rejeição da proposta que reduziria a maioridade penal de 18 para 16 anos para crimes graves ocorreu por apenas cinco votos.
Votaram a favor 303 deputados, mas eram necessários 308 para a aprovação desse tipo de mudança na Constituição.
O projeto rejeitado tinha apoio de Cunha, presidente da Casa, que deu celeridade a sua tramitação. Ele havia sido resultado de uma negociação com deputados tucanos. O texto que serviu de base do acordo foi feito pelo senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP).
O texto derrotado na madrugada pretendia alterar a Constituição para reduzir a maioridade penal de 18 para 16 anos para crimes hediondos (como estupro e latrocínio) ou equiparados (como tráfico de drogas), homicídio doloso (quando há intenção de matar), roubo qualificado (quando há uso de arma de fogo, por exemplo) e lesão corporal grave ou seguida de morte.

terça-feira, 30 de junho de 2015

Copel entrega nova linha entre Londrina e Figueira, no Norte do Paraná‏

A Copel Geração e Transmissão colocou em operação nesta semana uma nova linha de transmissão em 230 mil volts no norte do Paraná.
O circuito tem 92 quilômetros de extensão e liga as subestações Londrina e Figueira, passando também pelos municípios de Sapopema, Assaí, Santa Cecília do Pavão e Nova Santa Bárbara.
A linha integra o circuito Foz do Chopim - Salto Osório, instalado no Sudoeste do Paraná, o lote de obras conquistado pela Copel no leilão da Agência Nacional de Energia Elétrica realizado em junho de 2012.
O conjunto absorveu 37 milhões de reais em investimentos. O superintendente de engenharia e obras de geração e transmissão da Copel, Nilberto Lange Junior,  diz que ampliação estende a possibilidade de intercâmbio de energia entre as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil.
Com a entrada em operação desses empreendimentos, a Companhia passa a ter uma receita adicional de mais de 4 milhões e meio de reais ao ano.

Richa entrega mais 137 ambulâncias para Siate e municípios do Paraná

Amanhã (quarta-feira, 1º de julho), o governador Beto Richa (PSDB) entrega mais 137 ambulâncias para renovar a frota no transporte de urgência no Paraná. 
Foram investidos R$ 12,8 milhões na compra dos veículos.
São 111 ambulâncias para  prefeituras, duas ao Siate, dez ao Samu e duas para hospitais. 
Doze delas vão substituir as sinistradas.
Entre 2011 e 2014, o Paraná entregou 536 ambulâncias aos municípios, consórcios, hospitais e Siate.

Decifrando Requião

No Palácio do Planalto estão tentando decifrar um comentário do senador Roberto Requião (PMDB) no twitter.
“Depois do pré-sal os EUA vão querer nos tomar a mandioca, “invenção” da nossa mulher sapiens”. 
A dúvida é se o senador, que admira mais a mamona que a mandioca, estaria tirando sarro da presidenta ou sendo solidário com ela.
Caso seja deboche, tem quem sugira rever a nomeação do irmão de Requião, Maurício, para o Conselho da Itaipu, onde se ganha R$ 20.804,13 mensais, com a obrigação de comparecer (com todas despesas pagas) a uma reunião por mês.

ROTULAGEM

Datas da implementação da ROTULAGEM no Estado do Paraná
De acordo com a Resolução nº 748/2014 a implementação da obrigatoriedade da rotulagem será de forma gradativa, conforme tabela abaixo:
PRODUTOS - Banana, cebola, cenoura, couve-flor, laranja, maçã, morango, repolho, tomate e uva.
PRAZO - A partir de 1º de julho de 2015.
PRODUTOS - Abacaxi, abobrinha, aipim, alface, bata, chuchu, goiaba, mamão, melancia, pepino e pimentão.
PRAZO - A partir de 17 de dezembro de 2015.
Demais produtos - A partir de 9 de junho de 2016.
O QUE É RÓTULO?
O rótulo é uma identificação que pode ser uma etiqueta colada ou impressa na embalagem, um carimbo ou outras formas de impressão, que deve conter as informações obrigatórias sobre a origem e o produto de forma legível e de fácil visualização.
QUAIS AS VANTAGENS DO USO DO RÓTULO?
-Identificação da origem do produto;
-Reconhecimento de bons produtos e vendedores e fidelização do consumidor;
-Facilidade na solução de problemas, pois o responsável pelo produto estará identificado no rótulo;
-Segurança para os consumidores
QUEM DEVE COLOCAR O RÓTULO?
O PRODUTOR RURAL, pessoa física ou jurídica ou a UNIDADE DE CONSOLIDAÇÃO local que recebe cargas de origens variadas e forma um novo lote, denominado lote consolidado. Ex: atacadista, varejista, cooperativas, empresas distribuidoras.

Soja, milho e frango impulsionam renda do produtor paranaense

O faturamento do setor agropecuário paranaense, medido pelo Valor Bruto da Produção (VBP), deve crescer cerca de 3% em 2015, chegando a próximo de R$ 73 bilhões.
A projeção foi feita pelo Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Estado Agricultura e do Abastecimento. A safra recorde de soja e o bom momento do milho e da avicultura devem impulsionar a renda do produtor nesse ano.
O VBP mede o rendimento bruto do produtor rural da porteira da fazenda para dentro. Se confirmado, o resultado vai superar o crescimento registrado em 2014, quando a agropecuária do Estado teve avanço de 2% e somou um VBP de R$ 70,6 bilhões.
A maior contribuição virá da soja, responsável por 21% do total faturado pelo setor agropecuário no Paraná e que na safra 2014/2015 bateu recorde. A previsão é que o VBP da soja cresça 8% sobre os R$ 15 bilhões registrados em 2014.
No milho safrinha, o VBP deve aumentar 6%, chegando a R$ 3,57 bilhões, e no frango de corte é esperado um avanço de 1% sobre os R$ 10,2 bilhões registrados no ano passado.
PREÇOS E INVERNO
A projeção para 2015 é preliminar e ainda depende do comportamento dos preços e da safra de inverno, que ainda está suscetível ao clima. Mas tudo aponta, pelo menos até agora, para um bom desempenho ao longo do ano, de acordo com Marcelo da Silva Gomes, economista do Deral.
Com o bom desenvolvimento da safra, o Deral revisou para cima, na semana passada, a estimativa de produção, que deve chegar ao recorde de 38,05 milhões de toneladas de grãos, somando as safras de verão e inverno. Isso representa 6% a mais do que a safra anterior.
Para a segunda safra de milho é esperado um crescimento de produção de 4% - 10,78 milhões de toneladas. “As geadas que tivemos até agora foram fracas, então não há previsão, no momento, de problemas para a safra de inverno”, afirma Gomes.
O trigo, cujo plantio foi 88% concluído, a previsão é de um crescimento de 3% na produção, para 3,96 milhões de toneladas. A produtividade deve aumentar 9%, para 2.991 quilos por hectare.

ASSAÍ - Bem Nascer - Saúde da gestante e do bebê

Na tarde desta terça-feira (30) gestantes do município de Assaí participam do encontro Bem Nascer  realizado pela empresa Triunfo Econorte em parceria com as secretarias de Cultura e de Saúde.
Durante o encontro as gestantes recebem   orientações sobre a maternidade, saúde,postura, cuidados com o bebê e  a importância  da amamentação com as profissionais enfermeira Erika Kikuti  (enfermeira) Barbara Lourenço ( fisioterapeuta) e Sandra Souza ( podóloga), e ainda momento de beleza com os parceiros: Centro de estética Arte e Beleza  na manicure, Maquiagem com profissionais da empresa Mary Kay e cabelos com as profissionais Hissae e Wilma.
“Para a  Triunfo – Econorte é uma satisfação voltar ao município de Assaí com o projeto Bem Nascer, que busca orientar as gestantes durante este momento tão especial que é a gravidez. Trazendo maior segurança, dignidade e conhecimento ás mamães e cuidados para o bebê”, comenta a coordenadora Cássia Romanow.

Assaí é Bi Campeã geral da fase Macrorregional dos Jogos Escolares do Paraná

A fase macrorregional reuniu cerca de 1300 atletas de 38 municípios pertencentes aos núcleos regionais de educação de Cornélio Procópio, Jacarezinho, Ibaiti e Wesceslau Braz entre os dias 24 a 28 de junho na cidade de Siqueira Campos.
Ao todo Assaí conquistou 12 medalhas de ouro, 8 de prata e 6 de bronze, totalizando 26 equipes classificadas para a fase final dos Jogos Escolares 2015 que acontecerão na cidade de Apucarana (categoria B) e Toledo (categoria A).
No atletismo o grande destaque de Assaí foi a prova de revezamento 4X100mts medley com os atletas Jonathan da Silva Galassi, Erik Duarte, Jonathan Reis e Douglas Fernando L. Carvalho, do Colégio Sesi que conquistaram o ouro pela terceira vez consecutiva na fase macrorregional dos Jogos Escolares.
O atletismo rendeu mais 8 medalhas de ouro, 6 de prata e 3 bronze para Assaí nas categorias A e B.
No futsal masculino A, os atletas do Colégio Sesi de Assaí ficaram com a segunda colocação e estarão representando Assaí na fase final.
No Tênis de Mesa a equipe conquistou 2 ouros, 1 prata e 1 bronze.
No xadrez a aluna Ana Flávia Mendonça do Colégio IFV garantiu a terceira colocação e estará na fase final.
No vôlei de praia a equipe masculino B do Colégio Barão do Rio Branco ficou com o ouro, e o bronze no masculino A para o Colégio Sesi.
“Agradeço e parabenizo o empenho e a dedicação de todos os atletas que se esforçaram e conquistaram esse belíssimo resultado para Assaí. Agradeço a todos os professores, técnicos e aos pais pela confiança em nosso trabalho nas escolinhas esportivas que estamos desenvolvendo na cidade.Pelo segundo ano consecutivo Assaí é campeã geral na fase macrorregional que reúne municípios de quatro núcleos regionais de Educação, incluindo municípios de infraestrutura bem maiores e melhores que a nossa. Boa sorte para os atletas para a fase final dos Jogos Escolares”, comenta o prefeito Luiz Mestiço.

Aluno assaiense é vencedor do concurso cultural da Ortodontic Center

O aluno André Felipe da Costa do 5º ano da Escola Municipal Maria Mitiko Tsuboi foi um dos ganhadores do Concurso Cultural 2015 da Ortodontic Center.
O concurso contou com a participação de cerca de 250 mil alunos de todo país, que formularam 5 dicas de como ajudar o Bob Dente a preservar a água.
O concurso é parte integrante do projeto “Lição do sorriso” que tem como objetivo, estimular a criatividade e despertar nas crianças e jovens o interesse por valores e condutas fundamentais para a convivência em sociedade.
Na manhã desta terça-feira (30) a Dentista Drª Cristiana Zanin realizou a entrega da premiação – um celular e uma caixa de som para o aluno vencedor.
“Nos sentimos muito orgulhosos por nosso aluno ser destaque em um concurso de nível nacional como este. Toda nossa equipe parabeniza o aluno André por mais esta conquista. Que esta premiação sirva de incentivo para todos os alunos”, comenta a diretora Cristina Celia Teixeira.