terça-feira, 28 de junho de 2016

R$ 12,9 mil - Vereadores de Londrina aprovam redução salarial para a próxima legislatura

Com 18 votos favoráveis e uma abstenção, a Câmara Municipal de Londrina (CML) aprovou, na tarde desta terça-feira (28), o projeto de Lei que reduz o salário dos vereadores para a próxima legislatura.
Cada um dos 19 representantes que forem eleitos para o mandato 2017-2020 receberá R$ 12,9 mil, com remuneração de R$ 15 mil para quem for escolhido presidente da casa.
Agora, o texto segue para sanção do prefeito Alexandre Kireff (PSD). Atualmente, cada vereador ganha R$ 15.061,00.
O projeto justifica o novo valor levando em conta a atual situação econômica brasileira, com redução do Produto Interno Bruto (PIB) e, por tabela, da arrecadação municipal.
Por lei, os vereadores de Londrina poderiam receber até 75% da remuneração dos deputados estaduais (atualmente R$ 25.322,25), portanto R$ 18.991,69.
Os salários terão reajustes anuais baseados nos índices de inflação oficial. Os vereadores da atual legislatura entraram na casa recebendo R$ 12 mil, mas seus salários chegaram a R$ 15.061,00 por conta das reposições inflacionárias.
A CML tem 19 vereadores, quantidade que será mantida entre 2017 e 2020 apesar da possibilidade constitucional de ampliar o número de cadeiras para 25.